Pular para o conteúdo principal

Colaboração para promover a inovação em saúde

CEO Insights

Nenhum setor toca a vida das pessoas de forma tão imediata e urgente quanto o da saúde. E, na medida em que os desafios que definem a nossa área tornam-se maiores — das mudanças demográficas a pressões sobre os preços e outros —, precisamos repensar constantemente nossos procedimentos operacionais padrão para oferecer ainda mais valor para pacientes e médicos.

A Baxter e a Mayo Clinic recentemente anunciaram um projeto de colaboração em P&D com foco no desenvolvimento de tecnologias transformadoras em  saúde. Nossa meta inicial são as necessidades não atendidas dos pacientes no tratamento de doença renal, entre outras que virão. Para a Baxter, trata-se do primeiro acordo desse gênero.

Hoje, abraçar os benefícios da colaboração não é exatamente um ato radical. Em quase todos os setores, empresas promovem ativamente a colaboração entre funcionários e até alguns acordos externos bem definidos para estimular o pensamento criativo. A hesitação pode começar a entrar em cena, contudo, quando se trata de colaborações em grande escala, mais ambiciosas e relativamente livres entre instituições. Possíveis obstáculos são complicações financeiras, direitos de distribuição e a velha burocracia.

Contudo, nenhuma causa é mais premente nem representa maior urgência de vida e morte (literalmente) do que a inovação em  saúde. As organizações que querem maximizar seu impacto precisam estar preparadas para contornar ou destruir as barreiras identificadas para obter algumas vantagens cruciais:

PONTO(S) FORTE(S): Organizações que combinam bem entre si têm pontos fortes complementares para realizar coisas cuja concretização seria mais difícil para qualquer uma delas, individualmente. Neste caso específico, a Mayo Clinic traz seus inigualáveis recursos clínicos, educacionais e de pesquisa, que se misturam com os pontos fortes da Baxter em seus próprios projetos de P&D, fabricação e comercialização.

VELOCIDADE: Com a ampliação de recursos e conjuntos de habilidades, tem-se mais conhecimento, que pode ser aplicado conjuntamente para acelerar a inovação. E, quando a questão é salvar e prolongar vidas, cada minuto é importante.

ACESSO: É para isto que estamos trabalhando: acesso a inovação de primeira linha que pode mudar a vida para melhor. O potencial para fazer a diferença é maior quando várias organizações trabalham juntas para garantir uma maior disponibilidade de soluções de saúde.

Nosso acordo com a Mayo Clinic é muito promissor e representa apenas uma entre as muitas vias de pesquisa da Baxter. A mensagem mais importante é: Quando se trata de promover avanços em cuidados no ambiente complexo e competitivo de hoje, o que está em jogo é importante demais para buscar a mudança isoladamente. É preciso estar aberto ao potencial que reside dentro e além da prática tradicional para elevar os cuidados de saúde a um novo patamar.

 

—Joe Almeida, Presidente do Conselho e CEO